Institucional

> Nossa história

A Clínica SiM foi criada em Abril de 2007 com o foco de oferecer atendimento médico e odontológico de qualidade a pessoas que não possuem planos de saúde privados. O SiM significa Serviço de Inclusão à Medicina e a cor verde sinaliza para as pessoas sinal verde para um serviço de saúde acessível de alta qualidade.

No início, a clínica contava com apenas 3 consultórios e 15 cadeiras na sala de espera. Apenas 21 pacientes foram atendidos no primeiro mês. Atualmente, essa mesma unidade conta hoje com 18 consultórios, 100 cadeiras na sala de espera e atende cerca de 5 mil clientes por mês.

Em 2014, a Clínica SiM abriu sua 2a unidade própria na cidade de Fortaleza e também lançou seu programa de franquias.

Em 2016, A Clínica SiM já possui 6 Unidades em Fortaleza.

Deixe-se conquistar por este horizonte
de cuidados em atendimento popular!

Governança corporativa

Nos fazemos a diferença!

A Clínica Popular SiM é uma sociedade anônima de capital fechado. Seu conselho de diretores e equipe gerencial são formadas por alguns dos melhores talentos do Brasil em gestão de negócios.

Visão

Construir a maior e melhor rede de clínicas populares do Brasil.

Missão

Oferecer atendimento encantador e acesso fácil a serviços de saúde de alta qualidade.

Valores

Confira abaixo os 6 valores que orientam a Clínica SiM:

  • Resultados: A gente decide baseado em números: se você não tem uma métrica para tomar sua decisão, você ainda não pensou tempo suficiente. A gente valoriza a alta performance: resultados são mais importantes do que tempo de empresa.
  • Equipe: A gente se cerca de gente brilhante: promovemos quem têm pessoas melhores do que elas como subordinados.
    A gente se comunica de forma ampla e honesta: ser direto não é falta de gentileza.
    A gente lidera pelo exemplo: autoridade garante obediência, mas não garante alta performance.
    A gente sabe que o como se faz é tão importante quanto o que se faz: compareça, trabalhe duro, seja gentil e faça o que é certo (use o seu melhor julgamento.)
  • Grande: A gente pensa grande: pensar grande dá o mesmo trabalho que pensar pequeno.
    A gente faz história: enquanto houver brasileiros sem acesso à saúde de qualidade a gente não pára – e ninguém pára a gente.
  • Recursos: A gente respeita os recursos que temos: cuidamos dos recursos da organização como se fossem nossos.
    A gente faz mais com menos: entendemos que quanto mais eficientes formos, mais poderemos promover acesso da população aos nossos serviços.
  • Animação: A gente ama o que faz: nos entusiasmamos com a satisfação de cada pessoa que servimos.
    A gente se diverte trabalhando: vemos as coisas pelo lado positivo e prezamos por um ambiente leve e gentil
  • Simpatia: A gente pensa com a cabeça dos nossos clientes: é o que eles querem, não o que a gente quer oferecer (empatia).
    A gente se importa com os detalhes: os detalhes fazem a diferença e os clientes percebem.
    A gente ama cuidar dos outros: essa é a razão para existirmos.

Impacto social

A Clínica SiM traz para os 150 milhões de brasileiros sem plano de saúde a dignidade da escolha de uma alternativa para consultas, exames e procedimentos ambulatoriais e odontológicos. Através da SiM, nossos clientes ganham acesso a um atendimento rápido, encantador e de qualidade igual a das melhores clínicas e hospitais particulares.

Como gera impacto social?

O diagnóstico tardio e o não-tratamento fazem com que problemas de saúde antes básicos tornem-se complexos e caros. Ao prover acesso fácil a consultas, exames e procedimentos ambulatoriais, a Clínica SiM ajuda a reduzir os custos globais do sistema de saúde e os sofrimentos de muitas famílias.

Como expandir o negócio para atingir mais pessoas?

Nós não ficaremos satisfeitos até que consigamos facilitar o acesso à saúde de ponta para os 150 milhões de brasileiros sem plano de saúde. Além das clínicas próprias, também lançamos um sistema de franquias para permitir levar o nosso padrão de qualidade para dentro das comunidades das grandes cidades e para as cidades pequenas e médias.